09 setembro, 2006

O poder e o povo

Texto para Reflexão

“A democracia é o governo do povo, pelo povo e para o povo”

Este conceito, vulgarmente utilizado como símbolo da democracia política, tem inspirado a muitos políticos a sua pregação como fundamentos de suas práticas eleitoreiras corporativistas, clientelistas e utilitaristas do poder, esquecendo-se que este conceito encerra um conjunto de práticas e ações que vão muito além de meras palavras, perpassando pela conscientização, liberdade e participação do povo no conjunto das decisões de seus governantes.

Como superar este fosso que separa o poder e o povo?

Tornar o exercício do poder, uma prática em que os valores morais de dignidade, justiça e eqüidade supere as práticas do clientelismo, corporativismo e subserviência.

Isto é possível?

É possível desde que os políticos no exercício do poder não olhem apenas para “o seu umbigo”, mas cumpram com as promessas assumidas com a sociedade, colocando em segundo plano suas ambições e comprometimentos, tornando-se juizes de si mesmos.

A cada eleição os "pinóquios do poder" aparecem com as caras mais lavadas do mundo, fazendo discursos melodramáticos, esquecendo-se de seus comportamentos políticos e morais, valendo-se da falta de memória do eleitor que prefere fazer de conta que pratica a democracia, ao invés de efetivamente exerce-la.

O circo montado envolve malabarismo, macaquismo, "pinoquismo", e uma dose excessiva de "cara de pau", que perpassa pelos veículos de comunicão, visitas relâmpagos e apelos melodramáticos, como se o ontem não existisse e o povo fosse expectador de quinta categoria.

Acordar é preciso.
Olhar com cuidado para estes "pinoquios do poder" é o caminho para arrancar estas "ervas daninhas", que em nome da democracia, exploraram a boa fé do povo e tornam o exercício do poder um ato pessoal e não uma concessão do povo.

Não vote em pessoas corruptas, ou envolvido com corruptos, pois há um velho dito popular que diz "Me diz com quem andas que te direi quem és".

Alimente o texto e passe a frente.

Marcadores: , ,

3 Comments:

Blogger carmen fossari disse...

Caro Farias,
Parabéns pelo Blog, e pelo artigo muito profundo. Parabéns e con tinue na sua integridade de cidadão e escritor
Abraço
Carmen Fossari

domingo, 10 setembro, 2006  
Blogger Luiz Nilton Corrêa disse...

Caro Professor
Parabéns pelo seu Blog, precisamos de trabalhos assim, contacto e interação com os leitores. Já está em "Meus Favoritos" vou acompanhar sempre cada novo texto.
Grande Abraço

segunda-feira, 11 setembro, 2006  
Blogger Rafaela Linhares disse...

Professor Vilson
Parabéns pelo blog. Sucesso nesse novo projeto que já nasceu brilhando.
Vc é uma referência em conhecimento, cultura, ética e responsabilidade social.
Abração
RAFAELA LINHARES

segunda-feira, 11 setembro, 2006  

Postar um comentário

Página Inicial